Hamlet precisou fazer uma escolha, e, traduzindo, isso quer dizer “é melhor viver ou morrer?”.
Todos nós precisamos tomar decisões, seja para agirmos ou permanecermos onde quer que já estivermos. A solução na qual você confia determinará o seu futuro? Se você fizesse esta pergunta dez anos atrás, a resposta seria “nem tanto”, mas, hoje em dia, a solução com mais conhecimento sobre seu cliente é a que vence.

Os varejistas precisam fazer uma escolha entre optarem pela nuvem ou por permanecerem com arquivos locais, entre manter suas soluções já existentes ou investirem em novas.

O que é a Nuvem? Esta é uma pergunta comum entre diversos varejistas. Eu confio que meus dados sejam armazenados em um local que eu não conheço ou eu o quero em meu servidor, mesmo com todos os riscos implicados?

Os fornecedores de nuvem não são pequenas empresas com tecnologia antiga. Os provedores de hospedagem de Nuvem, de hoje em dia, são uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, confiadas por grandes empresas globais e por organizações governamentais, como NSA, CIA, FBI, entre outras. Existem diversas questões que um varejista precisa decidir ao olhar para desafios futuros e já existentes.

Hoje em dia, os registros de lojas aparecem desde em embalagens de cigarros a tablets com leitores de cartões de créditos e scanners embutidos. O que você, sendo um varejista, deve escolher?

Por definição, a maioria dos varejistas estão confortáveis com as estruturas dos POS (Pontos de Vendas) existentes, e não querem investir em alterações. O custo de substituição de hardware nas lojas assusta diversos varejistas, fazendo com que eles não realizem o upgrade de suas soluções de varejo de POS conforme as demandas por novos softwares frequentemente exigem um novo hardware. “Se está dando certo, não faça nenhuma mudança” é razoável quando faz sentido.

Faz sentido não ficar se comparando aos outros?

Um varejista consegue sobreviver sem investir em novas tecnologias, somente mantendo os sistemas já existentes? Obviamente é possível, mas será que esta é a escolha certa? Quanto é gasto na manutenção de sistemas antigos, em comparação a uma taxa de subscrição mensal para uma nova marca com um sistema mais eficiente? Mais difícil ainda de se medir é: quantos negócios são perdidos?

A nova introdução de EMV e a transferência de responsabilidade por fraude de cartão de crédito para o varejista, a menos que que ele tenha um Chip e Assinatura, também adiciona à necessidade de revisão das infraestruturas e soluções existentes. O risco de não ser compatível com PCI pode ser movido para fora da área do varejista com tecnologias modernas. As novas soluções reduzem os riscos!

Uma ótima vantagem da nova tecnologia, tanto nas soluções quanto no hardware, é que ela pode aumentar exponencialmente o conhecimento que você possui de seus clientes. A habilidade de combinar números de vendas difíceis com informações de fidelidade, bem como combinar isso ao que está acontecendo nas redes sociais é o futuro para os varejistas. Eles podem obter percepções muito mais profundas no comportamento de seus clientes, o que é essencial para qualquer esforço de vendas e marketing ser bem sucedido. Novas soluções exigem mais poder de computação com mais recursos que a maioria dos varejistas estão dispostos a investir por uma solução interna. Para esses varejistas, a nuvem oferece uma potência mais ou menos ilimitada e algorítimos para quebrar os números. Esta é a única maneira de se utilizar o poder, sem investir muito em hardware. Ao utilizar as soluções baseadas na nuvem, um varejista de porte médio pode ganhar acesso a poderosas soluções que, antes, estavam disponíveis apenas para grandes varejistas. Não mais!

Decisões de impulsionadores de dados em tempo real

A possibilidade de se ter dados relevantes na ponta dos dedos em uma maneira de fácil absorção pode alterar os negócios. Os dias de estudo de relatório após relatório para compreensão dos negócios e saber onde se concentrar está no passado. O gestor moderno possui um painel de Inteligência de Negócios (BI) com feed ao vivo de seus sistemas com base na nuvem que se materializa em métricas relevantes. Quando os dados financeiros internos são combinados com outras fontes externas, como redes sociais, seja para planejamento, dados demográficos, etc., um quadro diferente dos negócios se abrirá. As soluções com base na nuvem proporcionam fontes de dados abrangentes que podem ser facilmente combinadas nos paineis de relatórios.

O que é a compensação?

Ao permanecer com a infraestrutura existente e com as soluções de varejo, diversos varejistas estão economizando em investimentos de capital, mas estão se comprometendo com soluções autônomas que não são integradas e exigem diversos conjuntos de dados master para serem sincronizados e armazenados em cada solução. O custo de interface e manutenção das soluções, com risco de haver “múltiplas versões da verdade” está escondido nos custos operacionais. A falta de conhecimento sobre por que o seu negócio não é tão bem sucedido quanto o esperado frequentemente evitará que a gestão tome as decisões certas.

O outro argumento contra as soluções de armazenamento e POS com base na nuvem é a dependência de uma constante disponibilidade da internet. No entanto, a maioria dos varejistas já possuem um excelente provedor de internet, e a maioria das soluções de POS são capazes de passar para o modo offline e as vendas ainda assim podem ser processadas e dados importantes podem ser coletados.

Software com base em subscrição para varejistas

Poucas outras indústrias são melhores preparadas para uma solução de TI com base sazonal. Com os picos altos durante a época de feriados, os varejistas frequentemente se deparam com diversas estações de POS fora da temporada agitada e não o bastante quando os clientes estão aparecendo com mais frequências. Entenda seu negócio e a necessidade de rotas, quebra de linhas e estações de pacotes separadas. Se uma loja precisar de menos registros em uma média fora das estações de pico, mas muitos outros registros na Black Friday, considere complementar com tablets para estações de POS e empacotamento / pagamento. Isso pode impulsionar a satisfação do cliente e diminuir os custos totais de capital. Os registros e estações de empacotamento podem ser móveis e removidas para fora das estações de pico, o que adiciona mais pés quadrados por espaço de venda.

Com uma solução de subscrição com base na nuvem, os varejistas podem aumentar ou diminuir o número de rotas que utilizam mensalmente, diminuindo assim os custos e os alinhando à receita. Uma solução vencedora.

Por que a Nuvem?

Como já mencionado, existem diversos fatores que dão suporte às soluções com base na nuvem. Os custos iniciais de capital serão reduzidos e corresponderão melhor a receita. A possibilidade de se combinar dados internos de vendas com fontes de dados externas, e as ferramentas BI com base na nuvem aumentarão, de maneira poderosa, a capacidade de se analisar e predizer o desempenho das lojas.