Para que seu negócio tenha subsídios suficientes e eficazes para que haja planejamento e uma boa administração, é preciso, em primeiro lugar, ter uma gestão financeira eficiente. Isso significa ter em mãos, com facilidade, os indicadores financeiros analisados pela sua equipe, permitindo que haja condições de se estudar o cenário atual e tomar as decisões certas para o futuro da empresa.

O sucesso do negócio, portanto, passa por uma série de setores, mas certamente o de finanças é o coração da empresa, que bombeia o oxigênio para que todos os outros possam funcionar de forma saudável. Somente uma análise estruturada dos seus indicadores financeiros garante que os resultados obtidos correspondam ao que os gestores esperam do negócio.

Quer saber mais sobre quais as métricas que devem ser analisadas, como usá-las de forma inteligente e aplicar a tecnologia a favor delas? Continue a leitura deste artigo!

O que são indicadores financeiros?

Indicadores financeiros são métricas que coletam as informações da sua empresa para que você consiga analisar a eficiência das ações tomadas por todos os departamentos dela. Eles têm o papel de fornecer dados para auxiliar na tomada de decisões.

Um exemplo dessa análise é a quantidade de vendas de um negócio: ela não tem muito sentido sem que haja uma avaliação dos demais dados que envolvem essa operação: os indicadores financeiros, que vão mostrar se houve liquidez e lucro a partir dessa venda.

Quais devem ser analisados pela empresa?

Dependendo do tipo de empresa, há uma série de métricas que devem ser analisadas pelo setor para que os resultados esperados sejam alcançados. Entre eles estão os índices de liquidez, fluxo de caixa, e margem de contribuição. Vamos detalhar os principais:

Margem de operação

É ela que determina a rentabilidade do negócio, permitindo a avaliação sobre quanto foi vendido, qual o dinheiro investido na operação e possibilitando a comparação do desempenho dela com diferentes períodos. A margem operacional aponta o percentual do dinheiro obtido em relação às despesas e a tributação.

Índice de juros

A cobertura de juros checa o endividamento e a capacidade que a empresa tem para pagar suas dívidas com a geração de caixa. Ele mostra se o negócio consegue pagar os juros de contrato, sem comprometer o fluxo de caixa da empresa.

Ponto de equilíbrio

Esse é um dos indicadores financeiros mais importantes de uma empresa, pois ele aponta se o planejamento para não ter prejuízos poderá ser aplicado. Esse índice mostra quanto você deve vender para não ficar no negativo.

Retorno sobre Investimento

Chamado de ROI — em inglês, return on investiment —, ele dá a medida exata de quanto você terá de retorno sobre tudo o que investiu em determinada ação do seu negócio. Pode ser aplicado tanto à empresa como um todo como para projetos específicos — campanhas de marketing, pesquisas, compra de equipamentos, entre outros.

Como usá-los com mais eficiência?

É fundamental, para que se possa obter com eficácia todos os indicadores financeiros importantes para o seu negócio, que você use a tecnologia a seu favor. Há recursos que podem ser usados para otimizar esses processos, como softwares e sistemas de gestão, que auxiliam a economizar tempo para que possa usá-lo em áreas mais estratégicas.

As plataformas de gerenciamento, como os ERPs, ajudam no processo de análise das métricas e tornam o seu controle financeiro mais dinâmico, permitindo uma tomada de decisões mais certeira.

Há uma série de outros indicadores financeiros que podem ser analisados, de acordo com o segmento do negócio e os objetivos estratégicos da empresa. Entre eles estão o faturamento bruto, a lucratividade, o ticket médio, os custos fixos, o nível de endividamento, entre outros.

Se você deseja acompanhar sempre informações úteis como esta, siga-nos no LinkedIn e assista aos nossos vídeos no YouTube! Esperamos poder ajudar você!

Business Development Manager na AlfaPeople

Faça uma pergunta